Tulum – Pertinho de Playa existem ruínas!

Tulum

Tulum é/foi (gostei disso) uma cidade maia fortificada, de frente para o mar azul do Caribe. Foi um dos lugares mais belos que visitamos durante nossa viagem pelo México.

É um sítio arqueológico que, além de ruínas, possui um visual estonteante do mar caribenho. E ainda permite um banho de mar!

Não há relatos de que os maias usavam a praia para recreação. O objetivo de terem feito a cidade ao lado do mar foi para fins de defesa (dificultando o acesso de inimigos e facilitando sua visualização) e de comércio (eles navegavam com suas canoas pela costa para realizarem trocas com outros povos).

É um local belíssimo, com muitos prédios, mas menor do que Chichen Itzá. Na verdade, parece mais com uma cidade, sem tantos edifícios de observação como Chichen…

Aqui vão as fotos:

A maquete acima mostra como está o sítio arqueológico (ainda sendo escavado). A cidade era toda fortificada, com torres de observação e poucas entradas. Essas entradas eram baixas (o homem maia era pequeno em tamanho, entre 1,50 e 1,60 m de altura e troncudo) o que dificultava também a entrada de outros povos.

Existiam prédios grandes onde moravam as famílias mais ricas e outros nem tanto, onde moravam os trabalhadores. Tudo era feito de pedra.

O mar era usado como rota de comércio e a entrada na cidade era difícil pelo mar. Há uma fenda logo na frente da praia que era o local por onde as embarcações poderiam entrar sem encalhar. Lembrando que circundando a costa mexicana há uma barreira de corais só menor do que a australiana, o que causava muitos afundamentos. A canoa maia também era frágil e se colidisse com algum ponto da barreira poderia até matar os navegantes. Isso também dava proteção aos moradores, na medida em que aqueles que não conhecessem o mar certamente naufragariam por ali…

Este mar aí é o que a gente ganha de presente quando visita o lugar. É realmente muito bonito.

Para chegar até lá de Playa é só ir sentido sul, seguindo as placas. Fica próximo, coisa de 60 km. Logo na entrada do parque há um estacionamento e a bilheteria. Depois se caminha por mais ou menos uns 600 metros até chegar ao sítio arqueológico propriamente dito.

Se estiver sem carro há inúmeras opções de excursões tanto de Playa del Carmen, quanto de Cancún. Se for visitar os dois, é mais próximo de Playa del Carmen. Na quinta avenida vendem muitos passeios.

Como desta vez fugi do mico e fui por conta própria, não tive nenhum perrengue digno de nota. Mas acredito que as operadoras de turismo devam fazer algo similar a Chichen. Há muitos cenotes na rota, o que permite a visitação conjunta também com Tulum.

Existe, ainda, uma cidade chamada Tulum, que também faz parte da Riviera Maia. Há praias quase desertas e estrutura mais rústica do que em Cancún e Playa del Carmen. Não fui até lá, então posso descrever o lugar.

Tulum merece sua visita!

Anúncios