Berlim (a antiga ocidental). Aqui já tinha uma cidade?

Pode parecer um pouco preconceituoso com os socialistas dizer que a nova Berlim será a oriental, já que a ocidental simplesmente já é. Por outro lado, pode parecer preconceituoso com os ocidentais dizer que a parte oriental será a nova Berlim, dizendo que a ocidental não. Confuso?

A verdade é que os socialistas ficaram com a parte central mais interessante de Berlim (Mitte) e que essa parte, historicamente mais relevante, vai retomando seu espaço. A parte ocidental tem seu charme (principalmente nas compras) mas turisticamente é bem menos relevante.

Voltando ao papo das duas Berlins, a Ocidental teve que criar seu próprio aeroporto, Tegel (pronuncia-se Tígel) já que Schoenefeld ficou para os soviéticos. Hoje, 22 anos após a reunificação, estão construindo o aeroporto de Brandemburgo, que substituirá ambos e será o aerporto de Berlim. Talvez isso seja um dos últimos passos para que a cidade seja uma só.

A Kurfürstendamm (Ku’damm se você for íntimo), foi o centro da Berlim ocidental. Aí te dou um doce se você descobrir o que mais tem por lá? Lojas, é claro! Chamada de a Champs-Élysées berlinense, concentra grande parte das lojas de grife da cidade. Se quiser comprar, lá será o lugar.

Ali, fica a Kaufhaus des Westens (KaDeWe), famosa (e cara) loja que tem de tudo. De roupas, a produtos para casa, restaurante e até um supermercado. Ali perto, tem outra um pouco menos cara, chamada Peek & Cloppenburg. No início da Ku’Damm fica a Wittenbergplatz que tem uns restaurantes ao redor da praça, até certo ponto charmosos. Existem, também, muitas lojas de rua por ali.

Peço até desculpas pelas fotos, mas como não nos interessamos muito pelo lugar (até fizemos poucas comprinhas mas não foi nada turístico), acabamos nem tirando muitas. A primeira eu peguei na net.

Até que para um post tão grande quanto o feito para a parte oriental, esse aqui ficou meio “chinfrim”. Vamos a algumas curiosidades, ouvidas durante o passeio…

Curiosidades de Berlim

Na época da Guerra Fria, os metrôs (U-Bahn – Untergraund) que saíam da parte ocidental sul da cidade e íam até a parte ocidental norte (e vice-versa)  passando pela parte leste continuaram trafegando. Apenas não paravam nas estações orientais.

Muitas pessoas tentaram migrar para o lado ocidental pelo metrô. Há vários buracos cavados na cidade que davam acesso aos túneis…

Berlim, por ter sido dividida, tem dois zoológicos…

Os alemães orientais ficaram estarrecidos com o luxo da Ku’Damm, quando da reunificação…

O Parlamento de Bonn (Capital da Alemanha Ocidental) havia sido reformado para acomodar o novo parlamento após a reunificação. Foi deixado de lado, pois os deputados preferiram reformar o Reichstag, em Berlim.

Os socialistas tentavam censurar os canais de TV e rádio. Porém não conseguiam, e muitos berlinenses orientais assistiam a canais ocidentais.

Anúncios